Em mês de conscientização, número de acidentes no trânsito aumenta 53%

Em pleno mês de campanha contra a violência e imprudência no trânsito, o 'Maio Amarelo', o índice de ocorrências em decorrência de acidentes nas ruas e avenidas de Nova Andradina aumentou 53%, em 2017, na comparação com dados do ano passado. 49 acidentes ocorreram durante o mês de maio, enquanto no mesmo período de 2016, foram 32.

A média é de 1,58 acidentes por dia neste último mês de maio, sendo que na maioria houve colisão entre veículos/ ou veículos e motos/ ou ainda veículos e bicicletas. Foram 32 colisões, ou seja, 49%. O segundo maior índice é de queda de motos, com registro de 12 quedas, seguido de atropelamento com 8 registros, 4 quedas de bicicleta e 1 abalroamento.

Motociclistas

Cerca de 60 a 70% dos acidentes envolvem motociclistas. Em 2011, este índice chegou a 84%. Para o responsável pelo setor de estatísticas do Corpo de Bombeiros de Nova Andradina, cabo PM Hipólito Gabriel Souza Dutra, falta responsabilidade e prudência aos motoristas, pedestres, principalmente motociclistas. O excesso de velocidade e a imprudência são as principais causas de acidentes. “Este ano, os dados mostram que o trânsito está mais violento. De 1 de janeiro a 10 de junho, os levantamentos apontam um total de 217 acidentes, com um total de 285 vítimas com ferimentos.   A maioria são homens, 219 vítimas. As campanhas de conscientização e blitz são importantes, mas não têm uma eficácia a curto e médio prazo”, analisa.


Fonte: Jornal da Nova

Recomende nosso site

Ouça ao Vivo